Isabel II

Funeral da Rainha Isabel II deverá realizar-se dia 19 de setembro

Funeral da Rainha Isabel II deverá realizar-se dia 19 de setembro
Tristan Fewings
Uma mudança nos planos oficiais alterou a data prevista do funeral de Estado.

A Operação “London Bridge” arrancou com a morte da Rainha Isabel II. Quinta-feira, dia em que a monarca morreu, deveria ter sido o “Dia D” ou “Dia D 0”, mas o facto do anúncio da sua morte ter sido feito ao final do dia fez com que o calendário “atrasasse”. Assim, de acordo com o The Guardian, o funeral de Estado, que acontece ao 10.º dia, deverá realizar-se a 19 de setembro, o “Dia D 10”.

Dia D (9 de setembro)

O Rei Carlos III viaja do Castelo de Balmoral, na Escócia, onde passou a noite, até Londres. Já no Palácio de Buckingham, recebe a primeira-ministra britânica, Liz Truss, para a primeira audiência. No mesmo dia, discursa pela primeira vez à nação enquanto Rei.

Dia D 1 (10 de setembro)

Carlos III será proclamado Rei numa cerimónia de ascensão, às 10:00. Pela primeira vez na história da monarquia britânica, esta cerimónia será transmitida em direto pelas televisões britânicas.

Dia D 2 (11 de setembro)

O corpo da Rainha sai de Balmoral para Edimburgo.

Dia D 3 (12 de setembro)

Neste dia, o corpo segue para a catedral de St. Giles, em Edimburgo, onde decorre o velório durante a noite.

O The Guardian diz ainda que o Rei começará as visitas de Estado à Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, como parte da Operação “Maré Viva”.

Dia D 4 (13 de setembro)

O corpo da Rainha é transportado para o Palácio de Buckingham, em Londres, no comboio real.

Neste dia termina a “Operação Unicórnio”. A partir do momento em que a rainha passa a fronteira da Escócia começa a “Operação London Bridge”.

Dia D 5 (14 de setembro)

Chega a St. Pancras, em Londres, e depois segue para Buckingham. Às 14:30 sai do palácio, com escolta de 120 membros da Marinha Real, em direção a Whitehall e Westminster. A família irá caminhar atrás do caixão, tal como aconteceu com o funeral da princesa Diana.

A partir deste dia e até dia D10, o local do velório, em Westminster Hall, estará aberto ao público 23 horas por dia. São esperadas cerca de três milhões de pessoas, com as filas a passar a ponte de Lambert até Globe Theater.

Dia D 6 (15 de setembro)

Prossegue o velório.

Dia D 7 e Dia D 8 (16 e 17 de setembro)

O Rei Carlos III prossegue as suas visitas de Estado pelo Reino Unido.

Prossegue também o velório de Isabel II.

Dia D 9 (18 de setembro)

São esperados milhares de visitantes em Londres para os últimos dias em que poderão prestar homenagem à rainha. É esperado que comecem a chegar a Londres personalidades internacionais para o funeral.

Dia D 10 (19 de setembro)

O corpo da rainha sai de Westminster Hall em direção a Westminster Abbey, onde são esperados Reis e Presidentes de muitos dos países do mundo. A chegada do caixão está prevista para as 11:00.

A cerimónia de Estado será transmitida pelas televisões britânicas e serão cumpridos dois minutos de silêncio.

Após o funeral, o caixão seguirá em cortejo até ao Castelo de Windsor, onde decorrerá uma nova cerimónia religiosa.

Segue-se depois o funeral, um momento privado e sem direito a imagens.

Últimas Notícias
Mais Vistos