Jogos Olímpicos

João Sousa junta-se a Pedro Sousa e soma segunda presença nos Jogos Olímpicos

João Sousa

FACUNDO ARRIZABALAGA

Pedro Sousa já tinha assegurado a estreia em Jogos Olímpicos.

João Sousa assegurou a sua segunda presença em Jogos Olímpicos, juntando-se a Pedro Sousa em Tóquio 2020, ao beneficiar de várias desistências, confirmou esta quarta-feira o tenista vimaranense à Lusa.

João Sousa, que vai tornar-se no primeiro tenista português a disputar dois quadros de singulares em Jogos Olímpicos, vai repetir a presença do Rio2016, onde Portugal esteve também representado por Gastão Elias.

Com a confirmação da presença do vimaranense, de 32 anos, aumentam para 85 os atletas portugueses qualificados para Tóquio 2020, em 17 modalidades.

João Sousa e Gastão Elias alcançaram o nono lugar no torneio de pares do Rio2016, naquele que foi o melhor resultado de tenistas lusos em Jogos, tendo ambos terminado no 17.º em singulares.

Pedro Sousa já tinha assegurado a estreia em Jogos Olímpicos, graças à vaga continental atribuída à Europa, ao ocupar o 108.º lugar do 'ranking' em 14 de junho, data de fecho da qualificação.

No entanto, face às desistências entretanto ocorridas, João Sousa, que na altura era o número dois português, no 109.º posto da hierarquia mundial, 'herdou' esta vaga, ascendendo Pedro Sousa para o 'ranking' de qualificação direta.

Os Jogos Olímpicos Tóquio2020 vão ser disputados entre 23 de julho e 8 de agosto, estando a competição do ténis programada para o período entre 24 de julho e 1 de agosto.