Jogos Olímpicos

Hino Olímpico, uma ode aos atletas

Hastear da bandeira nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016.

Anadolu Agency

A sua oficialização, enquanto música das Olimpíadas, demorou 64 anos a acontecer.

O hino olímpico, tocado durante as cerimónias de abertura e encerramento de cada edição dos Jogos Olímpicos, foi composto pelo grego Spyridon Samaras e escrito pelo poeta Kostís Palamás, em 1800.

A sua oficialização, enquanto música das Olimpíadas, demorou 64 anos a acontecer. Foi apenas na 55.ª sessão do Congresso do Comité Olímpico Internacional (COI), que se realizou em 1958, que foi aprovada.

Roma, 1960: Tocado pela primeira vez enquanto hino oficial

Foi em Roma 1960 que o hino olímpico, que se só havia sido tocado em Atenas 1896, passou a fazer parte do protocolo de todas as cerimónias de abertura.

Tocado durante o hastear e arriar da bandeira olímpica, começou por ser cantado na sua versão original, em grego, tendo sido, entretanto, traduzido para os idiomas dos países anfitriões.

Especial Jogos Olímpicos