Julho sem plástico

Julho sem plástico. Alternativas sustentáveis aos produtos de higiene embalados em plástico

Indústria coméstica produz todos os anos 120 mil milhões de peças plástico.

A crescente necessidade de poupar tempo em diversas tarefas levou a um aumento de produtos descartávies, como é o caso das toalhitas.

A grande maioria é composta por fibras de plástico, que depois de usadas são colocadas nas sanitas, e acabam por ir parar aos oceanos.

Shampoos, amaciadores e esfoliantes são outro exemplo de produtos embalados em plástico. Mas a necessidade de agir, levou ao aparecimento de alternativas mais sustentáveis.

Julho é considerado o mês internacional sem plástico

Há uma década que este mês é um desafio global para conservar o planeta. A iniciativa já chegou a 250 milhões pessoas de 177 países.

ESPECIAL JULHO SEM PLÁSTICO

Veja também: