Operação e-toupeira

SAD do Benfica não vai a julgamento no caso E-Toupeira

SAD do Benfica não vai a julgamento no caso E-Toupeira

Decisão tomada pelo Tribunal da Relação de Lisboa, que manteve a decisão instrutória da juíza Ana Peres, do Tribunal Central de Instrução Criminal.

O MP interpôs recurso para o TRL, que foi distribuído ao juiz/relator Rui Teixeira, no qual o procurador Válter Alves defende a pronúncia da SAD 'encarnada' por um crime de corrupção ativa, outro de oferta ou recebimento indevido de vantagem e 28 crimes de falsidade informática: os 30 crimes que constam da acusação por si proferida.