Operação Fizz

Orlando Figueira insiste que não tem qualquer ligação a Manuel Vicente e que está inocente

Orlando Figueira insiste que não tem qualquer ligação a Manuel Vicente e que está inocente

Antigo procurador admite ter encoberto o advogado Proença de Carvalho e Carlos Silva. 

Condenado a seis anos e oito meses de cadeia o antigo procurador Orlando Figueira admite que no primeiro interrogatório encobriu o advogado Proença de Carvalho e Carlos Silva, do Banco Atlântico. Entre muitas críticas ao tribunal, Orlando Figueira insiste que não tem qualquer ligação a Manuel Vicente e que está inocente.

  • Empate técnico nas eleições em Israel: o que se segue
    2:28