Operação Fizz

Orlando Figueira acusa tribunal que o condenou de ter cometido erro grotesco e medonho 

Orlando Figueira acusa tribunal que o condenou de ter cometido erro grotesco e medonho 

Ex-procurador apresentou um recurso para contestar a condenção. 

Orlando Figueira diz que o tribunal que o condenou cometeu um erro grotesco e medonho. Num recurso com mais de 1700 páginas, o antigo Procurador volta a garantir que não foi corrompido pelo ex-vice Presidente de Angola, Manuel Vicente.

  • Via Sacra – Episódio 2
    26:42