Plástico nosso de cada dia

Antes de reciclar é importante saber separar

Ivan Alvarado

Seria possível recuperar muito mais plástico para reciclagem se os cidadãos estivessem mais bem informados

Ainda há muitas ideias erradas entre a população, considera António Afonso, responsável da Valorsul pelo tratamento e valorização de cerca de 950 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos, por ano, em 19 municípios da Grande Lisboa e da Região Oeste.

A Valorsul recebe anualmente no centro de triagem do Lumiar cerca de 18 mil toneladas de resíduos provenientes do contentor amarelo (plástico e metal), mais cinco mil toneladas no centro de triagem do Cadaval.

Resíduos que são separados por tipos, enfardados e encaminhados para a indústria da reciclagem. A quantidade de lixo plástico que chega à Valorsul tem crescido, “devido sobretudo ao uso crescente de materiais plásticos, mas também à disponibilização de mais locais para deposição”, diz António Afonso, do Centro Triagem do Lumiar.

Mas o engenheiro acredita que seria possível recuperar muito mais plástico para reciclagem se os cidadãos estivessem mais bem informados e não colocassem no ecoponto amarelo resíduos orgânicos ou outros materiais que dificultam o processo de triagem. Ainda há muitas ideias erradas entre a população, considera António Afonso.

Copos descartáveis "papel" em vez dos de plástico?

Ultimamente devido à preocupação com o excesso de resíduos de plástico, há quem opte pelo papel. António Afonso, responsável pelo Centro de Triagem da Valorsul, chama a atenção para que os chamados copos de papel, têm uma fina camada de plástico, que impede que sejam recicláveis.

Sacos, copos e cápsulas de plástico biodegradável em vez de plástico convencional?

Os materiais anunciados como biodegradáveis não devem ser colocados no contentor amarelo, diz António Afonso. Os plásticos biodegradáveis ou compostáveis devem seguir para compostagem, como a matéria orgânica (restos de comida, resíduos do jardim, etc.) mas não existe ainda um fluxo de recolha universal em Portugal deste tipo de materiais.

Vale a pena pôr cápsulas de café no contentor amarelo?

As cápsulas de café (de plástico ou metal), por terem borras de café no interior, não devem ser colocadas no contentor amarelo. Há fluxos específicos de recolha de determinadas empresas que comercializam esses produtos, que não passam pelos ecopontos de rua.

Plásticos engordurados

As embalagens de plástico, mesmo as que contiveram gordura (manteiga, azeite, etc.) podem e devem ser colocadas no contentor amarelo. Não é preciso lavá-las, basta escorrê-las.

O mito segundo o qual não vale a pena separar os resíduos

O responsável pelo Centro de Triagem da Valorsul desmente que os resíduos dos três contentores (azul, amarelo e verde) sejam todos misturados e que não vale a pena os cidadãos separarem os resíduos de embalagens.

  • Reino Unido ameaça Irão com "graves consequências"
    1:59
  • Corrupção no topo das preocupações dos portugueses
    1:34
  • Cepas da Serra
    10:16
  • "À descoberta com..." Inês Castel-Branco na Tailândia 
    3:14