Saúde Mental

Prevenção do suicídio: Centro Hospitalar do Algarve realiza atividades de sensibilização

Prevenção do suicídio: Centro Hospitalar do Algarve realiza atividades de sensibilização
aurumarcus
Através de exposições, distribuição de panfletos e palestras, entre outras atividades.

A prevenção do suicídio é o objetivo de uma campanha do serviço de psiquiatria do Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), que realiza, em setembro, diversas atividades de sensibilização em várias cidades, anunciou a unidade de saúde.

Com o tema "setembro -- mês de prevenção do suicídio", a campanha visa "sensibilizar a população para a temática do suicídio" - problema que o CHUA classifica como "relevante no Algarve" -- através de exposições, distribuição de panfletos e palestras, entre outras atividades.

Em comunicado, o centro hospitalar indicou que o programa visa "promover a consciencialização do papel que cada pessoa, autarquias e diferentes estruturas da comunidade podem ter na prevenção do suicídio e da doença mental".

Depois da colocação de faixas e a abertura de exposições alusivas ao tema nas unidades hospitalares de Faro e Portimão, assim como a distribuição de panfletos em Portimão, Lagoa e Monchique, a campanha prosseguiu hoje com uma sessão de "promoção da saúde mental para a população sénior", em Portimão".

Estas ações na comunidade visam ainda contribuir para a redução do estigma associado à doença mental", sublinhou a organização da campanha, destacando que a iniciativa foi preparada "a nível mundial" pela Associação Internacional da Prevenção do Suicídio.

Parcerias

O CHUA frisou que a campanha decorre em parceria com o Plano Nacional de Saúde Mental, a Sociedade Portuguesa de Suicidologia, o Plano Nacional de Prevenção do Suicídio, o Plano Local de Saúde ACES [Agrupamento de Centros de Saúde] Barlavento e a Coordenação Regional de Saúde Mental.

Na segunda-feira, realiza-se no auditório do Museu de Portimão um concerto solidário, com Paulo Viegas e Escola de Música Novas Artes, que vai anteceder o debate "Construindo a Prevenção do Suicídio na Comunidade", marcado para terça-feira, no auditório da Câmara de Lagos, indicou o CHUA.

Além da entrega de panfletos prevista para Lagoa (no dia 21 de setembro), está também previsto, no dia 23, um debate no auditório da unidade de Faro do CHUA, aberto a funcionários e com enfoque na temática do suicídio.

A 23 de setembro, Lagoa será também palco, no auditório Carlos Paredes, do debate "Construindo a Prevenção do Suicídio na Comunidade", e para dia 29, em Monchique, está prevista uma sessão de sensibilização sobre temas como "Depressão", "Prevenção do Suicídio", "Estigma" e "Promoção da Saúde Mental", na Escola Básica Manuel Nascimento, assinalou a organização.

A campanha termina no dia 30, no auditório da unidade de Portimão do CHUA, com uma "sessão de encerramento" e um "momento cultural e atuações diversas", acrescentou.

Dia Mundial da Saúde Mental

A mesma fonte anunciou também que, a 10 de outubro, por ocasião do Dia Mundial da Saúde Mental, o Instituto Português da Juventude (IPDJ), em Faro, vai acolher uma "sessão para a comunidade juvenil" que se focará temas como a "Psicose: Sinais de alerta e prevenção" ou "Dependências digitais/tecnológicas".

O CHUA referiu ainda que, durante todo o mês de setembro, os seus utentes vão poder ver "mensagens informativas transmitidas nos ecrãs das salas de espera" e ter acesso a "folhetos informativos disponibilizados pelos profissionais" de saúde sobre a temática do suicídio e da saúde mental.

Últimas Notícias