Tira-Teimas

Quando é que deve ser assinalado pontapé de canto?

Duarte Gomes

Duarte Gomes

Comentador SIC Notícias

Inês M. Borges

Inês M. Borges

Designer Gráfica e Multimédia

Um pontapé de canto é um dos vários recomeços previstos nas leis de jogo.

Deve ser assinalado apenas quando a bola ultrapassa, por completo, a linha de baliza rente ao solo ou pelo ar, desde que tocada em último lugar por um jogador da equipa defensora (e sem que tenha sido marcado um golo).

Além das características descritas na infografia acima, importa ter em conta o seguinte:

- Se, após a bola entrar em jogo, o executante tocá-la uma segunda vez sem que antes outro jogador o faça, deve ser assinalado um pontapé-livre indireto no local do segundo toque. No entanto, se esse contacto for deliberado e com a mão, será assinalado um pontapé-livre direto (ou pontapé de penálti, se a infração ocorrer dentro da área de penálti do infrator, a menos que o executante do pontapé tenha sido o guarda-redes - nesse caso, será assinalado um pontapé-livre indireto).

- Um jogador que execute um pontapé de canto de forma correta, pode pontapear a bola deliberadamente contra um adversário a fim de poder jogá-la de seguida, desde que não o faça com imprudência, negligência ou força excessiva.

Se for imprudente, será punido tecnicamente; se for negligente, ser-lhe-á exibido o cartão amarelo; se usar de força excessiva, tem que ser expulso (com cartão vermelho direto).

- Por qualquer outra infração a esta lei, o pontapé de canto deve ser sempre repetido.

A PÁGINA DO TIRA-TEIMAS

A PÁGINA DE DUARTE GOMES NA SIC NOTÍCIAS

A PÁGINA DE DUARTE GOMES NO YOUTUBE