Vacinar Portugal

Não há mortes entre maiores de 80 anos com vacinação completa contra a covid-19

Eficácia em maiores de 80 anos é de 80%.

Os especialistas realçaram esta sexta-feira o impacto positivo das vacinas na proteção contra a covid-19. Os estudos mais recentes revelam que nos maiores de 80 anos a proteção é cerca de 80%. Desde janeiro, nesta faixa etária e com a toma completa da vacina, não há registo de qualquer morte por covid-19.

Os primeiros estudos em Portugal sobre a eficácia da vacina dão claros sinais de esperança. A proteção é alta, mas é preciso dizer que não protege todos de igual forma.

Em cerca de 590 mil idosos com mais de 80 anos vacinados com as duas doses da vacina, apenas 272 foram infetados com o coronavírus. Desses, apenas 15 tiveram de ser hospitalizados e não há registo de qualquer morte.

Mas mesmo entre os que acabaram por ficar infetados a percentagem de proteção contra uma doença mais grave é igualmente alta: 75%.

Nos hospitais, os efeitos da vacinação veem-se nas camas vazias e no perfil dos doentes atuais. São agora os que têm entre os 40 e os 59 anos que mais ocupam os internamentos.