Vacinar Portugal

Assobios, empurrões e insultos a Gouveia e Melo em centro de vacinação de Odivelas

Vice-almirante não se deixou intimidar: "Negacionismo e obscurantismo é que são os verdadeiros assassinos".

Mais de 100 mil jovens de 16 e 17 anos recebera, no sábado, a primeira dose, num fim de semana dedicado à vacinação desta faixa etária contra a covid 19. À chegada ao centro de vacinação de Odivelas, o vice-almirante Gouveia e Melo foi insultado por um grupo de negacionistas, que o coordenador do processo fez questão de não evitar.

Assobios, empurrões e insultos. Assim foi recebido o vice-almirante Gouveia e Melo à chegada ao centro de vacinação de Odivelas.

Um grupo de manifestante que estão contra a vacina da covid concentraram-se em frente ao pavilhão para tentar impedir a entrada e a saída do coordenador do Plano de vacinação. Mas o responsável não se deixou intimidar.

Lá dentro, a receção foi bem diferente, com elogios que soaram de forma musical.

No resto do país, mais de metade da população que fez o agendamento foi vacinada.

Este fim semana é dedicado à vacinação dos adolescentes dos 16 e 17 anos. Quem não fez o agendamento poderá na mesma ser vacinado através da modalidade Casa Aberta.

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros