Vacinar Portugal

Gouveia e Melo diz que Portugal está próximo de vencer o coronavírus 

Vice-almirante afirma que 2022 será diferente de 2021.  

O vice-almirante Henrique Gouveia e Melo deixou esta quarta-feira uma mensagem de confiança em relação ao próximo ano.

O coordenador do plano de vacinação afirmou que 2022 vai ser "um ano completamente diferente" de 2021.

Gouveia e Melo foi homenageado em Viseu, onde reconheceu que a vacinação contra a covid-19 não terminou mais cedo devido à falta de vacinas.

Numa visita ao antigo liceu de Viseu, que frequentou em criança, o vice-almirante disse ainda que o país está cada vez mais próximo de vencer o coronavírus.

Portugal é o país com maior taxa de população vacinada

Portugal é o país do mundo com maior taxa de cobertura da população com a vacinação completa contra a covid-19, de acordo com o site de estatísticas Our World in Data.

O país superou nos últimos dias Malta e regista 81,54% de população com a vacinação completa contra a infeção provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, enquanto Malta tem 80,95% da população totalmente imunizada face à covid-19. Em terceiro lugar no 'ranking' mundial surgem os Emirados Árabes Unidos, com 78,80%.

Segundo o relatório semanal da vacinação da Direção-Geral da Saúde (DGS), 80% da população portuguesa, o equivalente a mais de 8,2 milhões de pessoas, já concluiu o processo de vacinação contra o vírus SARS-CoV-2 e 85%, mais de 8,8 milhões, já tem a primeira dose da vacina.

A 'task force' que coordena a logística da vacinação estima atingir na última semana deste mês a meta de 85% da população portuguesa com a vacinação completa.

Leia mais: