Vistos Gold

Miguel Macedo absolvido de todos os crimes no processo dos Vistos Gold

TIAGO PETINGA

Ex-ministro da Administração Interna estava acusado de prevaricação e tráfico de influências.

O ex-ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, foi absolvido de todos os crimes relacionados com o processo Vistos Gold. Estava acusado de prevaricação e tráfico de influências.

A decisão do Tribunal da Relação de Lisboa foi conhecida hoje. A Relação absolveu também outros dois arguidos, o ex-diretor do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Jarmelas Palos, e o ex-administrador da Octapharma, Lalanda de Castro.

Quanto a António Figueiredo, ex-presidente do IRN - Instituto dos Registos e do Notariado - , foi condenado a uma pena de cinco anos de prisão, suspensa por igual período.