Mundo

G7 reconhece desentendimento com EUA sobre alterações climáticas

Tony Gentile/Reuters

Os dirigentes do G7 reconheceram hoje a incapacidade para encontrar um terreno de entendimento com os Estados Unidos sobre a luta contra o aquecimento climático, indicou uma fonte da presidência francesa.

Segundo a mesma fonte, esta observação fará parte da declaração final da cimeira do G7 em Taormina, Sicília (Itália).

"Os Estados Unidos estão atualmente a reavaliar a política climática. Os outros seis países do G7 reafirmam os seus compromissos [a favor dos acordos de Paris] tendo em conta esta posição norte-americana", afirmou o representante da delegação francesa ao G7.

Além dos Estados Unidos e da França, fazem parte do G7 a Alemanha, o Canadá, a Itália, O Japão e o Reino Unido.

Lusa

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45

    Mundo

    A cimeira do G7 foi retomada esta manhã na Sicília com um encontro com líderes de cinco países africanos. Itália, o país anfitrião, tenta colocar na agenda o tema das migrações, mas esse não é um tema que agrade ao presidente dos Estados Unidos. A luta contra o terrorismo é, por enquanto, o único terreno de entendimento entre as economias mais poderosas do mundo.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11

    Mundo

    O grupo das sete economias mais desenvolvidas acordou intensificar a luta contra o terrorismo. As divergências entre Donald Trump e os outros seis representantes no G7 foi outra das coisas que ficaram bem patentes na Cimeira que decorre na Sicília, em Itália.