Mundo

A Black Friday pelo mundo

Correspondentes SIC

Benoit Tessier

Sexta-feira negra ou Black Friday, como é mais conhecida, é uma tradição norte-americana celebrada todos os anos a seguir ao Dia de Ação de Graças. O conceito, que se estendeu ao resto do mundo, promete grandes descontos e promoções imperdíveis, mas é preciso ter alguns cuidados. Os correspondentes da SIC nos Estados Unidos, Reino Unido, Brasil e Israel explicam o fenómeno.

Nos Estados Unidos, milhões de norte-americanos enchem as superfícies comerciais para aproveitar e começar a fazer as compras de Natal, mas nem sempre as promoções são reais. Muitas vezes, os comerciantes publicitam um produto com desconto superior a 70%, mas quando os consumidores chegam à loja, só há uma ou duas unidades.

Por isso, é fundamental estar atento para não se deixar enganar.

Mais abaixo, no Brasil, a tradição foi acolhida de braços abertos em 2010. A seguir ao Natal, é a data onde se vende mais, mas a loucura não é tão grande como nos Estados Unidos. A banalização da Black Friday e os falsos descontos geram alguma desconfiança nos consumidores.

Na Europa, o Reino Unido assinala a data há apenas cinco anos. Começou num supermercado britânico, propriedade de uma cadeia de distribuição norte-americana. O sucesso foi tal que no ano seguinte outras empresas “copiaram” a ideia.

Também em Israel os consumidores gostam de aproveitar a temporada. Preparam, sobretudo, a festa das luzes judaica, “Hannukah”. Os descontos começam uma semana antes da última sexta-feira de novembro.

  • O que tem a ver a Black Friday com esta imagem? Nós explicamos
    2:27

    Economia

    Reza a história que a expressão Black Friday foi usada pela primeira vez em 1869 como consequência de uma crise financeira. Mais tarde começou a fazer parte da gíria policial, em Filadélfia e pela comunicação social que usavam a expressão para designar o fernesim provocado pelo feriado do dia de Ação de Graças, o Thanksgiving. O conceito evoluiu, espalhou-se por todo o mundo e hoje Black Friday significa descontos na última sexta-feira de novembro.

  • Fair Saturday prioriza cultura depois da Black Friday

    Cultura

    A iniciativa Fair Saturday avança por diferentes cidades do mundo, no sábado, um dia depois da Black Friday, apresentando-se como alternativa ao consumismo, com eventos que celebram a cultura e causas sociais. O projeto surgiu na cidade de Bilbau, em Espanha, em 2014, estendendo-se, posteriormente, a outras cidades do país.