Mundo

Ucrânia acusa Rússia de apreender três navios seus e de ferir dois militares

Pavel Rebrov

A marinha ucraniana acusou este domingo a Rússia de apreender três navios militares ucranianos no Estreito de Kertch, que liga o mar Negro e o mar Azov, num incidente que provocou dois feridos do lado ucraniano.

O Presidente ucraniano, Petro Porochenko, "denunciou um ato agressivo da Rússia visando uma escalada premeditada" nesta região, tendo convocado o seu gabinete militar, de acordo com comunicados oficiais.

"As forças especiais russas apreenderam" os três navios, indicou em comunicado o comando das forças navais ucranianas, acrescentando que "informações dão conta de dois feridos ucranianos".

Pouco antes, a marinha ucraniana acusara a Rússia de ter disparado contra os navios que tinham partido de Odessa e tentavam entrar no estreito de Kertch, que separa a Crimeia da Rússia.

O ataque ocorreu depois de Moscovo ter acusado a frota ucraniana de violar as suas águas territoriais.

Lusa