Mundo

Londres defende que Daesh está longe de ter sido vencido

Omar Sanadiki

Governo britânico reage ao anúncio de Donald Trump sobre a retirada das tropas norte-americanas da Síria.

O Daesh na Síria está longe de ter sido vencido, estimou esta quinta-feira o Ministério britânico dos Negócios Estrangeiros, rejeitando a ideia defendida pelo Presidente Donald Trump ao anunciar a retirada unilateral das tropas norte-americanas do país.

"A coligação internacional contra o Daesh (Estado Islâmico) fez enormes progressos, mas falta muito por fazer e não devemos perder de vista a ameaça que ele representa. Mesmo sem território, continua a ser uma ameaça", adiantou, em comunicado, um porta-voz da diplomacia do Reino Unido.

O Presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou na quarta-feira a retirada das tropas dos Estados Unidos estacionadas na Síria, dizendo ter cumprido o objetivo de derrotar o grupo do Daesh, uma decisão que provocou estupefação e protestos nos Estados Unidos e, inclusive, no seu próprio partido.

Cerca de 2.000 soldados dos Estados Unidos estão atualmente no norte da Síria.

LUSA

  • Palestinianos boicotam cimeira organizada pelos EUA no Bahrein
    2:50
  • André Rieu fez um vídeo para os fãs portugueses
    0:38