Mundo

"A minha saída (do Brasil) é um recado político ao mundo"

"A minha saída (do Brasil) é um recado político ao mundo"

Patrícia Almeida

Patrícia Almeida

Texto e edição

Jornalista

Jean Wyllys, o deputado brasileiro que renunciou ao mandato após várias ameaças de morte, está em Berlim.

Numa primeira aparição pública após anunciar que ia abandonar o Brasil, Jean Wyllys, o deputado do PSOL explicou, em conferência de imprensa, os motivos da sua decisão.

O antigo deputado promete continuar a lutar pelos direitos da comunidade LGBTI e pela democracia.

Desde a morte de Marielle Franco, vereadora do PSOL e defensora dos direitos humanos, Wyllys vivia sob escolta policial. Mas as ameaças de morte, que se estendiam à sua família continuaram e o deputado decidiu abandonar o país.

Vai ficar por Berlim com visto de estudante e recusa, por agora, solicitar asilo político.