Mundo

Maioria dos escoceses é contra independência e novo referendo

Russell Cheyne

Sondagem revelou que apenas 39% votariam a favor da criação de um Estado independente.

Uma sondagem publicada esta sexta-feira indica que 61% dos escoceses votariam contra a independência da Escócia do Reino Unido se fosse realizado novo referendo, como deseja a chefe do governo autónomo, Nicola Sturgeon.

A sondagem, realizada pela empresa Survation para a organização que se opõe à separação "Scotland in Union" [Escócia na União] e realizada entre 18 e 23 de abril junto de cerca de mil pessoas, revelou que apenas 39% votariam a favor da criação de um Estado independente.

A mesma pesquisa mostra que 34% dos inquiridos são contra um novo referendo, e que só 21% são favoráveis a nova consulta nos próximos dois anos, como deseja Sturgeon.

A líder do Partido Nacionalista Escocês (SNP) e chefe do governo autónomo anunciou esta semana planos para promover uma nova consulta até ao final de 2021.

Porém, o ministro do Gabinete e número dois do governo, David Lidington, rejeitou a ideia, alegando não existirem sinais de que a população escocesa tenha mudado de opinião desde 2014, quando 55% votaram num referendo contra a independência.

Um dos principais argumentos do SNP para realizar uma nova consulta é a oposição ao 'Brexit', alegando que 62% dos escoceses votaram contra a saída do Reino Unido da União Europeia no referendo de 2016, enquanto o Reino Unido como um todo votou 52% a favor.

Lusa

  • Os populismos crescentes "não são apenas um problema europeu"
    2:01
  • “Vamos a Jogo” acompanhou Luís Filipe Vieira no dia da reconquista
    15:21
  • Visíveis - Ruca
    31:30