Mundo

Victoria’s Secret "repensa" desfile anual

Mike Segar

Empresa revela que está a criar um "novo tipo de evento".

A Victoria's Secret está a "repensar" o desfile anual, de acordo com um memorando enviado aos funcionários na sexta-feira por Les Wexner, CEO do grupo que controla a marca de lingerie norte-americana​.

De acordo com a informação avançada pela CNBC, a marca está a pensar ajustar o evento e acabar com o formato de desfile televisivo.

"A moda é um negócio em mudança. Devemos evoluir e mudar para crescer", justificou Les Wexner.

As audiências do desfile têm vindo a cair ao longo dos anos com a última edição, transmitida em dezembro passado, a registar os piores números de sempre.

A par deste fenómeno, muitas clientes têm tecido críticas à empresa por tentar vender a lingerie em supermodelos, numa altura em que têm surgido várias marcas a apostar em modelos de vários tamanhos e formas.

Estes fatores não têm sido positivos para o crescimento da Victoria's Secret, que tem registado quedas nas ações nos últimos 12 meses.

O desfile era transmitido pela ABC e pela CBS há quase 20 anos.

Reveja as imagens do desfile de 2018.

  • O soutien com 2100 diamantes que vale um milhão de dólares

    Mundo

    A marca de lingerie Victoria's Secret já revelou o "Dream Angels Fantasy Bra" deste ano. O soutien tem mais de 2100 diamantes e está avaliado em um milhão de dólares, cerca de 877 mil euros. A modelo sueca Elsa Hosk foi o "anjo" escolhido para percorrer a passerelle com a peça mais cara da coleção.

  • Sara Sampaio brilha em Xangai
    1:50

    Mundo

    A portuguesa Sara Sampaio foi uma das participantes no desfile anual da Victoria's Secret que este ano decorreu em Xangai, na China. O desfile "mais esperado do ano", segundo a organização, contou com 55 modelos de 15 países. 

  • Votar? É mais praia...
    2:43