Mundo

Boeing atualiza software do 737 MAX

Lindsey Wasson

Falta a aprovação da Agência Federal de Aviação dos Estados Unidos.

A Boeing anunciou esta quinta-feira que terminou a atualização do software MCAS, que estará na origem dos desastres da Lion Air e da Ethiopian Airlines que mataram 346 passageiros.

Com os voos deste modelo suspensos, a Boeing procedeu a alterações no sistema automatizado que serve para evitar que o nariz do avião suba. As mudanças incluem contar com leituras de mais de um sensor antes que o sistema seja ativado e empurre o nariz para baixo, tornando as ações do sistema mais fáceis de gerir pelos pilotos.

A empresa norte-americana fez também uma formação adicional aos pilotos e realizou mais de 207 voos experimentais para testar a nova tecnologia.

Para estes modelos voltarem a voar, dependem da certificação da Agência Federal de Aviação dos Estados Unidos, o organismo que regula a aviação nos EUA, mas também de autorização em outros países, incluindo Europa e China,

Os aviões deixaram de voar um pouco por todo o mundo desde meados de março.

346 pessoas mortas em dois acidentes

No passado dia 10 de março, um Boeing 737-8 MAX, da Ethiopian Airlines, despenhou-se pouco depois de descolar de Adis Abeba, Etiópia. Nenhuma das 157 pessoas que estavam a bordo do avião sobreviveu.

Este acidente ocorreu cerca de cinco meses depois de um outro Boeing 737 Max da companhia Lion Air ter caído na Indonésia cerca de 12 minutos após a descolagem e por causa de falhas técnicas, de acordo com os dados recolhidos de uma das caixas negras do aparelho.

Conclusões do relatório preliminar da queda do avião da Ethiopian Airline arrasadoras para a Boeing

No início de abril foram divulgadas as primeiras conclusões da análise às caixas negras do Boeing 737 Max 8, que caiu em março na Etiópia.

Pilotos da Ethiopian Airlines seguiram à risca o manual da Boeing

Os pilotos do Boeing 737 MAX que caiu a 10 de março seguiram todas as recomendações escritas no manual da Boeing mas não conseguiram recuperar o controlo do avião.

  • Depressão é a doença mental mais frequente no país e afeta cerca de 400 mil portugueses
    3:23
  • Carro de Santana Lopes não tinha seguro?
    1:44