Mundo

Massacre de Tiananmen aconteceu há 30 anos

Autoridades chinesas conseguiram com sucesso assegurar uma amnésia coletiva sobre o sucedido.

Já passaram 30 anos desde que as tropas chinesas abriram fogo para pôr fim aos protestos liderados por estudantes, na Praça de Tiananmen, em Pequim. O número de mortos causados pela repressão nunca foi revelado.

Os acontecimentos sangrentos ocorridos na noite de 3 para 4 de junho de 1989, quando os tanques do exército foram enviados para pôr fim a sete semanas de protestos, são esta semana lembrados em várias partes do mundo, mas, na China, as autoridades conseguiram com sucesso assegurar uma amnésia coletiva sobre o sucedido.

A escritora Louisa Lim diz mesmo que o caráter repressivo do regime transformou o país na República Popular da Amnésia.