Mundo

Hong Kong suspende a polémica lei da extradição mas manifestantes não desmobilizam

Hong Kong suspende a polémica lei da extradição mas manifestantes não desmobilizam

A decisão surge na véspera de uma manifestação que promete juntar centenas de milhares de pessoas.

A líder do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, anunciou hoje em conferência de imprensa a suspensão da legislação sobre extradição, sem estabelecer qualquer prazo.

A polémica proposta de lei, que permitiria que a chefe do executivo e os tribunais de Hong Kong processassem pedidos de extradição de suspeitos de crimes para jurisdições sem acordos prévios, como é o caso da China continental, levou centenas de milhares de pessoas à rua na última semana.

Entretanto, Pequim afirmou hoje que apoia a decisão de Hong Kong de suspender a polémica proposta de lei de extradição, entendendo que a suspensão visa ouvir várias opiniões sobre o projeto.