Mundo

ONU acusa Arábia Saudita de execução premeditada e deliberada de Khashoggi

ONU acusa Arábia Saudita de execução premeditada e deliberada de Khashoggi

Relatório indica que há indícios credíveis do envolvimento do príncipe herdeiro saudita na morte do jornalista.

Numa análise minuciosa de 100 páginas, a relatora especial da ONU, Agnes Callamard, conclui que a morte de Jamal Khashoggi foi um crime internacional e acusa a Arábia Saudita de execução premeditada e deliberada.