Mundo

Google e YouTube multadas em 155 milhões por recolher dados de menores

Dado Ruvic

O YouTube já informou que vai adotar novas políticas para salvaguardar a integridade dos menores.

A gigante tecnológica Google e a sua subsidiária YouTube foram multadas nos EUA em 170 milhões de dólares (cerca de 154 milhões de euros), por violação da lei da proteção de dados para crianças.

Segundo noticia esta quarta-feira a agência France-Presse, citando um comunicado da comissão de defesa do consumidor norte-americana ('Federal Trade Comission - FTC), as tecnológicas são acusadas de expor crianças a vídeos inapropriados e de reunir dados pessoais de menores indevidamente.

O valor definido para a multa, que é resultado de um acordo amigável que ainda não recebeu 'luz verde' do Ministério da Justiça, é o mais significativo até ao momento em casos que envolvem proteção da privacidade de crianças.

Em abril de 2018, 23 organizações de direitos digitais e proteção à criança apresentaram uma queixa na FTC, que acusava a empresa YouTube de coletar informações pessoais de menores, tais como a localização, o dispositivo usado e até números de telefone, sem o conhecimento dos pais e de as usar para permitir publicidade direcionada.

Lusa