Mundo

Eleições em Israel decorrem quando Netanyahu tenta alterar a lei para receber uma amnistia

Eleições em Israel decorrem quando Netanyahu tenta alterar a lei para receber uma amnistia

A análise do correspondente da SIC em Israel, Henrique Cymerman.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, pediu à população que vote em massa nas eleições parlamentares de hoje, dizendo ainda acreditar que estas serão "muito apertadas". "O Presidente Trump disse ontem (segunda-feira) que as eleições serão apertadas. Eu posso garantir nesta manhã que serão muito apertadas", disse Netanyahu, pedindo aos israelitas que votem. O primeiro-ministro israelita fez estas declarações após votar em Jerusalém, na companhia da sua mulher Sara.

As eleições acontecem numa altura em que Netanyahu, investigado por suspeitas de corrupção, tenta alterar a lei para receber uma amnistia, como explica o correspondente da SIC em Israel, Henrique Cymerman.