Mundo

Detidos dois suspeitos de desviarem fundos para campanha de Trump

MICHAEL REYNOLDS

Os dois são ainda testemunhas no processo de destituição do Presidente dos EUA.

Foram detidos dois homens ligados ao advogado pessoal de Donald Trump por suspeitas de violação da lei do financiamento da campanha presidencial.

Trata-se de um investidor imobiliário e de um empresário ucraniano que terão desviado dinheiro para financiar a campanha do presidente norte-americano em 2016.

Os dois são ainda testemunhas no processo de destituição. Trump é suspeito de ter pressionado o homólogo ucraniano a investigar o candidato democrata Joe Biden, com o objetivo de o prejudicar na campanha de 2020.