Mundo

Estrela expelida por buraco negro a seis milhões de km/h

carnegiescience.edu

Velocidade 10 vezes superior à que viajam as outras estrelas da Via Láctea.

Uma equipa de astrónomos detetou que a estrela S5-HVS1, da constelação de Grus, foi expelida a seis milhões de km/h pelo buraco negro supermassivo que se encontra no centro da Via Láctea.

Segundo os investigadores, a estrela passou a cerca de 29.000 anos-luz de distância da Terra e viaja a uma velocidade dez vezes superior às restantes. Devido a isto, os astrónomos afirmam que a estrela irá sair “inevitavelmente” da Via Láctea.

“Isto é muito emocionante, uma vez que há muito que suspeitávamos que buracos negros podiam projetar estrelas a alta velocidade. (…) Achamos que o buraco negro projetou a estrela há cerca de cinco milhões de anos. Isto aconteceu numa altura em que a humanidade estava a aprender a andar sobre dois pés”, explica Sergey Koposov, autor do estudo.

Originalmente, a S5-HVS1 fazia parte de um sistema de estrelas binário - duas estrelas orbitam o mesmo centro de massa – mas a sua "companheira" acabou por se aproximar demasiado do Sagitário A.

O Sagitário A é um buraco negro supermassivo que se encontra no coração da Via Láctea. Possui quatro milhões de vezes a massa do Sol e encontra-se a cerca de 26.000 anos-luz da Terra.