Mundo

O exemplo da Ásia no combate ao plástico nos supermercados

Perfect Homes Chiangmai

Plástico foi trocado por um produto 100% orgânico.

Transformar folhas de bananeiras em embalagens

Alguns supermercados da Tailândia e do Vietname substituíram o plástico pela folha de bananeira. Como? Em vez de embrulharem os legumes e as frutas em plástico ou colocá-los em sacos, estes são expostos nas prateleiras com folhas de bananeira à volta.

A folha de bananeira é grande, tanto a nível de largura como de comprimento, e é resistente, pode ser dobrada com facilidade que não se rompe. Estas características fazem com que seja uma boa solução ao plástico. Além disso, também aguentam temperaturas baixas, perfeito para os alimentos que são guardados nas arcas frigoríficas.

Trocar o plástico por um produto 100% orgânico

A folha de bananeira pode ser encontrada em várias partes do mundo. Muitas culturas usam-na por exemplo em cozinhados. Na Tailândia e no Vietname o objetivo é conseguir tornar o mundo num lugar mais sustentável.

As vantagens na utilização da folha de bananeira são várias, mas a principal passa pela decomposição do material. Enquanto que o plástico demora séculos a decompor-se, estas folhas demoram apenas semanas. E, ao contrário do plástico, não vão parar aos oceanos. Milhares de animais marinhos morrem depois de ingerirem plástico.

Em Portugal, alguns supermercados já têm à venda sacos reutilizáveis, de rede, onde pode colocar a fruta e os legumes. São sacos que podem estar no frigorífico e ser lavados na máquina vezes sem conta. Não é um produto orgânico como as folhas de bananeira mas previne o uso exagerado de plástico.