Mundo

Encontrado homem desaparecido há 13 dias no deserto da Austrália

O local onde Phu Tran foi encontrado após 13 dias perdido na zona mais remota da Austrália

ABC Austrália

Phu Tran foi encontrado por um pastor no sul de Alice Springs. Outra mulher de 40 anos continua desaparecida na zona mais remota da Austrália

Phu Tran partiu para um passeio com mais duas amigas na remota zona de Alice Springs

Phu Tran partiu para um passeio com mais duas amigas na remota zona de Alice Springs

ABC Austrália

A TV pública australiana falou com o homem que encontrou Phu Tran após 13 dias perdido no deserto a sul de Alice Springs, no Território do Norte australiano.

Phu Tran, de 40 anos foi encontrado junto a estas condutas de cimento numa das extremidades da enorme propriedade do pastor e criador de gado Ted Fogarty, que ao ouvir falar da incrível história dos 3 amigos perdidos no deserto da mais remota zona da Austrália, resolveu ir dar uma volta pela propriedade.

"E eu pensei se, por acaso, eles não poderiam estar estar aqui. Dei umas voltas à propriedade e encontrei pegadas à entrada do vale”, descreveu Ted Fogarty à ABC Austrália.

Fogarty que acredita que Tran aproveitou um tanque de água e as estruturas de cimento para sobreviver nos últimos dias

"Ele teve muita sorte em ter vindo para aqui. Ele poderia ter ido para qualquer lugar, noutra direção e não teria água num raio de 20 quilómetros", alertou o pastor.

Fogarty diz que encontrou Tran desorientado e incapaz de falar claramente sobre a colega alpinista Claire Hockridge, a única dos três amigos que ficaram retidos mais de duas semanas no deserto de Alice Springs.

"Ele parecia muito feliz por me ver. Eu perguntei-lhe para onde é que ele ia e se ele queria vir comigo", disse Fogarty que levou Tran para a esquadra da polícia após oferecer-lhe comida e bebida.

Mais tarde, já na esquadra da polícia Phu Tran terá explicado que se separou da amiga Hockridge junto à cerca que limita a propriedade de Ted Fogarty dois dias antes.

Phu Tran quis seguir ao longo da fronteira, mas Claire Hockridge escolheu seguir por outro caminho. Continua a desaparecida há mais de duas semanas.

Os amigos desapareceram a 23 de novembro, quando decidiram fazer um curto passeio pela zona mais remota da Austrália e nunca mais apareceram.

O carro ficou atolado junto a um rio e 3 dias depois a polícia iniciou as buscas aéreas no sul de Alice Springs, perto de Owen Springs, Stuarts Well e Rainbow Valley.

McBeath-Riley foi encontrada viva este domingo com cadela que recusou deixar para trás, no meio do deserto.