Mundo

Há um “Elmo” na corrida às eleições do Reino Unido

Toby Melville

O britânico Bobby Smith é fundador do partido “Give Me Back Elmo”.

Esta quinta-feira, dia em que os britânicos são chamados às urnas para eleições antecipadas, há um candidato que chama a atenção e se distingue pela indumentária peculiar.

O britânico Bobby Smith, de 37 anos, é ativista político para os direitos parentais e lidera o partido “Give Me Back Elmo”, numa alusão à personagem da popular série infantil norte-americana Rua Sésamo, cuja pele “veste” em momentos de campanha ou protesto.

Alastair Grant

“Bobby Elmo”, como também é conhecido, concorre como candidato independente sob o mote de reformar as leis dos tribunais de família, na sequência da sua própria experiência depois de uma separação.

“Quero aumentar a consciencialização para a falta de direitos dos pais neste país. É um problema que se arrasta há anos. (…) Os meus filhos estão a crescer sem pai, quero que o meu caso seja revisto, ou que alguém pegue no tema e o debata - deem aos pais direitos iguais”, citou o Maidenhead Advertiser em 2017.

Hannah Mckay

Em agosto de 2014, Smith acampou junto à casa de férias do na altura primeiro-ministro David Cameron. Foi detido depois de utilizar um megafone numa tentativa de ser ouvido pelo antigo líder britânico.

Entre outros protestos, é conhecido ainda por ter escalado a Westminster Abbey e o Queen's Gallery, a galeria de arte pública que exibe cerca de 450 peças da Royal Collection, no Palácio de Buckingham.

Hannah Mckay/ Reuters