Mundo

Astronauta britânica defende que extraterrestres existem e que podem estar na Terra

Helen Sharman foi a primeira astronauta britânica a ir ao Espaço.

Simon Kreitem

A primeira astronauta britânica defende que os extraterrestres existem e que é possível que estejam a viver na Terra, entre os humanos, sem que sejam detetados.

"Existem milhões e milhões de estrelas lá fora no universo e devem existir todo o tipo de diferentes formas de vida. Serão como eu ou tu, feitos de carbono e nitrogénio? Talvez não."

As declarações são de Helen Sharman, a astronauta que visitou a estação espacial da União Soviética, Mir, em 1991.

Citada pela CNN, a astronauta defende mesmo que "é possível que eles estejam aqui, neste momento, e nós simplesmente não os conseguimos ver".

Helen Sharman passou oito dias na estação espacial, quando tinha 27 anos, fazendo dela uma das mais jovens astronautas a entrar em órbita.