Mundo

Centenas de pessoas no funeral de bombeiro na Austrália 

Centenas de pessoas participaram, esta terça feira, no funeral de um dos 3 bombeiros australianos mortos no combate aos fogos que, desde novembro, estão a destruir grande parte do país e que já mataram 26 pessoas.

Andrew O'Dwyer, tinha 36 anos e morreu, em dezembro, ao lado de um outro colega, também bombeiro voluntário, quando o camião que usavam para combater os fogos foi atingido por uma árvore em chamas, numa das mais violentas frentes do fogo que lavra, há várias semanas, na Nova Gales do Sul.


Centenas de pessoas assistiram ao funeral, que contou com a participação do chefe do governo australiano e vários ministros.
O'Dwyer recebeu uma medalha de mérito, a título póstumo, que a filha, ainda bebé, usou durante a cerimónia fúnebre.


Foi um dos 3 bombeiros mortos nos fogos que já mataram 26 pessoas, destruíram milhões de hectares de terrenos e mato e queimaram milhares de edifícios.


Nas últimas horas as temperaturas baixaram ligeiramente, e choveu, nos estados de Victoria e Nova Gales do Sul. Mas não foi o suficiente para apagar os fogos e os meteorologistas continuam a alertar para a possibilidade de os termometros voltarem a bater novos recordes, nas próximas semanas, e de este vir a ser um dos verões mais quentes da história da Austrália.