Mundo

Revisão constitucional proposta por Putin aprovada pela câmara baixa do Parlamento

Sputnik Photo Agency

Sem surpresa, 432 dos 450 deputados da Duma votaram a favor da reforma.

A câmara baixa do Parlamento da Rússia aprovou na generalidade as alterações à Constituição propostas por Vladimir Putin.

A aprovação preliminar foi feita apenas 3 dias depois do presidente russo ter entregado a proposta.

A reforma do sistema político provocou a demissão do primeiro-ministro e do governo russos e passa por várias medidas, entre elas a limitação dos mandatos presidenciais a dois, em vez de dois sucessivos.

Putin não poderá recandidatar-se em 2024, mas a oposição suspeita que o actual presidente se prepare para criar um lugar vitalício, supra-presidencial, de modo a poder manter o poder e influência no Kremlin quando deixar a presidência.