Mundo

Harvey Weinstein considerado culpado de agressão sexual e violação

JASON SZENES

Os casos remontam a 2006 e 2013.

O produtor norte-americano Harvey Weinstein foi esta segunda-feira considerado culpado de dois crimes sexuais pelo júri do julgamento que decorre em Nova Iorque.

De acordo com a estação de televisão norte-americana CNN, das cinco acusações de crimes sexuais que recaíam sobre Harvey Weinstein, o júri considerou-o culpado de dois crimes.

Segundo o júri, Harvey Weinstein é culpado de um ato sexual criminal em primeiro grau envolvendo Miriam Haley, e de violação em terceiro grau, envolvendo outra mulher.

Se for confirmada a condenação, a pena por ato sexual criminal em primeiro grau é entre cinco e 25 anos de prisão, enquanto o crime de violação em terceiro grau implica uma pena até cinco anos de prisão.

Harvey Weinstein, 67 anos, está acusado de crimes ocorridos entre 2006 e 2013, e o julgamento teve início a 06 de janeiro, sendo considerado um momento histórico do movimento #Metoo de denúncias de abusos sexuais na indústria do entretenimento. Weinstein, detido em maio de 2018, insistiu na inocência, alegando que todos os atos foram consentidos.

Veja também:

  • Governo alarga linhas de crédito. China sem mortes pela primeira vez desde janeiro

    Coronavírus

    A partir de amanhã, o Governo vai ter uma nova linha de crédito de 13 mil milhões de euros para empresas. O anúncio foi feito pelo ministro da Economia depois da reunião com a Concertação Social. A China não registou qualquer morte por Covid-19 nas últimas 24 horas. É a primeira vez que acontece desde janeiro, quando começaram as estatísticas sobre a pandemia do novo coronavírus em Wuhan. Siga aqui ao minuto as últimas informações.

    Direto