Mundo

Secretário da Defesa dos EUA não sabia da operação para visita de Trump a igreja

Secretário da Defesa dos EUA não sabia da operação para visita de Trump a igreja

Revelação feita pelo próprio.

O secretário da Defesa dos EUA revelou esta quarta-feira que não sabia da operação de segunda-feira, em que a polícia dispersou os manifestantes para que Donald Trump pudesse visitar uma igreja perto da Casa Branca.

Mark Esper disse ainda que não apoia a Lei da Insurreição, que dá ao Presidente norte-americano poderes para usar as Forças Armadas, e reiterou que autorizou o movimento de várias unidades militares, mas que não lhes pediu para entrarem em ação.

Para Esper, recorrer ao exército nos Estados Unidos "só em casos muito urgentes e terríveis" e o atual momento que se vive no país "não é uma situação dessas".

O recurso à Lei da Insurreição tem sido discutido nos Estados Unidos depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, ter falado sobre utilizar os militares para travar os violentos protestos em diversas cidades do país.

Veja também: