Mundo

Comunidade internacional condena golpe militar no Mali

David Alves

David Alves

Editor de Imagem

Presidente apresentou demissão depois de ter sido detido esta terça-feira.

A comunidade internacional tem vindo a condenar o golpe militar desta terça-feira, que levou à demissão do presidente Ibrahim Boubacar Keita.

Os militares que tomaram o poder apresentam-se como Comité Nacional para a Salvação do Povo do Mali e prometem uma transição política civil com eleições dentro de um prazo razoável.

  • Marcelo Rebelo de Sousa: aprender a perder para depois ganhar o país

    Presidenciais

    Marcelo Rebelo de Sousa foi um predestinado. Nasceu e cresceu à boleia da ditadura, mas a sua luta foi pela democracia. Parecia não alimentar a vontade de alcançar altos cargos políticos e chegou mesmo a invocar o nome de Deus em vão: "Nem que Cristo desça à Terra!", dizia Marcelo. Declarou também que dez anos como Presidente da República era muito tempo. Mas ei-lo de novo a contrariar-se e a seguir o caminho que já lhe vinha a ser apontado.

    Ana Luísa Monteiro