Mundo

Dois mortos e um ferido em protestos contra a violência policial nos EUA

Manifestantes contestam a morte de Jacob Blake, um homem negro que foi baleado nas costas sete vezes pela polícia.

Duas pessoas morreram vítimas de disparos na madrugada de hoje na cidade norte-americana de Kenosha, no terceiro dia consecutivo de protestos contra a violência policial após a polícia ter alvejado sete vezes nas costas Jacob Blake, um homem negro.

"Os tiros provocaram a morte a duas pessoas e uma terceira pessoa está hospitalizada com ferimentos graves, mas que não colocam a sua vida em perigo", anunciou a polícia de Kenosha no Twitter.

Os vídeos nas redes sociais mostram pessoas a correr pelas ruas de Kenosha, no Estado do Wisconsin, enquanto se ouvem tiros, em algumas das imagens podem ver-se homens feridos no chão.

As autoridades decretaram entretanto o recolher obrigatório em Kenosha.

Brendan McDermid

Jacob Blake está paraplégico

Apesar de ter sobrevivido aos sete tiros disparados pela polícia, Jacob Blake teve de ser submetido a uma cirurgia e está paraplégico.