Mundo

Envenenamento de Navalny. Alemanha admite sanções contra a Rússia

Evgenia Novozhenina

Caso não haja esclarecimentos nos próximos dias.

A Alemanha admite sanções contra a Rússia pelo envenenamento do opositor Alexei Navalny.

O ministro alemão dos Negócios Estrangeiros diz que quer esclarecimentos nos próximos dias, caso contrário terá de discutir uma resposta com os parceiros.

Na sexta-feira, Alemanha e França voltaram a exigir explicações e apelaram à identificação dos responsáveis pelo ataque.

Alexei Navalny sentiu-se mal durante um voo, depois de participar numa ação política de oposição ao Presidente russo. Está em coma induzido desde 20 de agosto.

Depois de ter sido internado na Sibéria foi transferido para Berlim, onde foi confirmado o envenenamento com Novichock.

Que substância é esta?

O produto é o mesmo que foi utilizado para envenenar o ex-espião russo Sergei Skripal e a filha, em 2018. Faz parte de um grupo de agentes neurotóxicos russos proibidos, no ano passado, pela Organização para a Interdição das Armas Químicas. Era usado nas últimas décadas da Guerra Fria.

Trump diz não ter provas do envenenamento de Navalny

O Presidente dos Estados Unidos diz não ter provas de que o opositor russo Alexei Navalny foi envenenado.

“Não sei ao certo o que aconteceu. Acho que é trágico, é terrível, não devia acontecer. Ainda não temos provas, mas vou ver”, explicou.