Mundo

Incêndios no Pantanal destruíram 2,5 milhões de hectares

Os voluntários tentam salvar animais feridos e reclamam o apoio do Governo.

A polícia brasileira investiga a ação de proprietários rurais no incêndio que já destruiu mais de 2,5 milhões de hectares no Pantanal e está a causar um desastre ambiental sem precedentes.

Incêndios no Pantanal. Governo do Brasil reconhece situação de emergência

O Governo brasileiro reconheceu na segunda-feira, em Diário Oficial da União, situação de emergência no estado do Mato Grosso do Sul devido aos incêndios que lavram no Pantanal, indicando que enviará apoio para o "desastre natural".

"O Ministério do Desenvolvimento Regional vai dar todo o apoio necessário para conter os incêndios florestais que atingem o Mato Grosso do Sul, especialmente a região do Pantanal, (...) por conta do desastre natural. Com a medida, o governo estadual poderá ter acesso a recursos da União para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais à população e recuperação de infraestruturas públicas danificadas", revelou o executivo em comunicado.

O Pantanal brasileiro, considerada a zona mais húmida do planeta, atravessa agora uma situação preocupante, ao enfrentar os piores incêndios das últimas décadas na região.

Neste ecossistema, já foram registados 10.153 incêndios entre janeiro e agosto, o que representa um aumento de 221% em relação ao mesmo período do ano passado.