Mundo

Facebook remove contas falsas da China a interferir na política chinesa e dos EUA

Valentin Flauraud

Publicações era tanto a favor como contra Trump.

A empresa Facebook anunciou esta terça-feira que removeu 155 falsas contas chinesas que estavam a interferir na política dos EUA e de alguns países asiáticos.

Além das contas no Facebook, foram também removidas seis do Instagram.

Segundo a rede social, as contas falsas com mais seguidores eram da China e das Filipinas e partilhavam conteúdos a apoiar a política da China em relação à contestada zona do Mar do Sul da China e a apoiar a política, por vezes controversa, do Presidente das Filipinas Rodrigo Duterte.

As contas nos EUA tinham menos seguidores e partilhavam conteúdos de ambos os partidos candidatos às Presidenciais norte-americanas a 3 de novembro.

As contas "publicaram conteúdo em apoio e contra os candidatos presidenciais Pete Buttigieg, Joe Biden e Donald Trump", escreveu Nathaniel Gleicher, responsavel pela cibersegurança do Facebook, num post no site da empresa.