Mundo

Criador do famoso antivírus informático McAfee detido em Espanha

Darrin Zammit Lupi

Magnata norte-americano John McAfee era procurado nos Estados Unidos por suspeitas de delito de fraude.

A polícia espanhola deteve no aeroporto de Barcelona o magnata norte-americano John McAfee criador do famoso programa informático antivírus com o mesmo nome, que é procurado nos Estados Unidos por suspeitas de delito de fraude.

O milionário foi intercetado no sábado à noite quando se preparava para apanhar um voo para Istambul (Turquia) acompanhado por duas pessoas, segundo fontes da polícia espanhola, que deu seguimento a um mandado de procura e detenção passado pela justiça dos Estados Unidos da América (EUA).

John McAfee é suspeito de, entre outros crimes, de fugir ao pagamento de milhões de dólares em impostos sobre os lucros que alegadamente teria obtido em atividades como o comércio de dinheiro virtual (criptomoedas).

Esta não é a primeira vez que é preso, depois de, no ano passado, ter sido detido num porto da República Dominicana com várias armas a bordo do seu iate.

O milionário tinha revelado dias antes da sua prisão que estava a abandonar os EUA porque a CIA estava a tentar prendê-lo por alegados delitos fiscais.

As autoridades dominicanas acabaram, na ocasião, por libertar John Mcafee que viajou para o Reino Unido.

A McAfee é uma empresa americana de programas de segurança para computadores sediada em Santa Clara, no Estado da Califórnia, que foi fundada em 1986 por John McAfee.