Mundo

Meghan Markle revela que sofreu um aborto espontâneo no verão

Toby Melville

A Duquesa de Sussex faz um relato na primeira pessoa num artigo de opinião publicado no New York Times.

A Duquesa de Sussex revelou, num artigo de opinião, que sofreu um aborto espontâneo em julho. Conta, num relato "assustadoramente íntimo", como o descreve a Associated Press, o que aconteceu naquela manhã, que começou "como qualquer outro dia": tomar o pequeno-almoço, alimentar os cães, apanhar o cabelo e tirar o filho do berço.

Foi nesse momento, enquanto levantava o filho, que Meghan, de 39 anos, diz ter sentido uma cãibra forte: "Atirei-me para o chão com ele nos meus braços, cantava uma canção para nos manter calmos, uma canção alegre que contrastava com a sensação de que algo não estava certo".

Meghan explica que partilha esta experiência traumática com o objetivo de tentar ajudar outras pessoas e de "quebrar o silêncio" em torno deste assunto.

"Perder um filho significa carregar uma dor quase insuportável, vivida por muitos, mas falada por poucos", escreveu.

Dominic Lipinski

Meghan revela ainda que "sabia que enquanto agarrava o primeiro filho, estava a perder o segundo". A Duquesa de Sussex e o príncipe Harry têm um filho de 18 meses, Archie.

Harry e Meghan estão casados desde 2018 e no início deste ano o casal anunciou que ia deixar os deveres reais e mudar-se para os Estados Unidos. Recentemente, compraram uma casa em Santa Bárbara, Califórnia.