Mundo

Cartas íntimas enviadas por John F. Kennedy à amante sueca vão a leilão

Nikki Brickett/AP

As cartas foram escritas entre 1955 e 1956, em papel timbrado.

As cartas íntimas enviadas pelo antigo Presidente norte-americano John F. Kennedy à sua amante sueca, Gunilla Von Post, vão ser leiloadas em Boston. As oito páginas faziam parte da coleção pessoal da aristocrata sueca, que morreu em 2011.

Foram escritas em papel timbrado do Senado de Massachusetts, entre 1955 e 1956, e enviadas depois de um encontro entre Kennedy e Von Post, onde o casal terá consumado a relação. Nos manuscritos, o então senador descreve o tempo que passou com a amante como uma “memória brilhante” na sua vida.

Nikki Brickett/AP

Kennedy conheceu Von Post em 1953, em Cannes, poucas semanas antes de se casar com Jacqueline Bouvier. Os dois voltaram a encontrar-se dois anos depois, em agosto, na Suécia, onde “passaram uma semana muito feliz e íntima consumando o relacionamento”, avança a RR Auctions, citada pela CNN.

A casa de leilões afirma ainda que Kennedy tentou terminar o seu casamento com Jackie e tentou fazer com que Von Post fosse viver para Estados Unidos, mas os esforços foram “frustrados pelo seu pai, pelas suas ambições políticas e pela sensibilidade mútua de Kennedy e Von Post face ao aborto sofrido por Jacqueline em 1955”.

A carta enviada em fevereiro de 1956, mostra a reação do antigo Presidente ao anuncio de Von Post de que iria casar-se com Anders Ekman, que era proprietário de terrenos. “Tenho de admitir que fiquei triste ao sabê-lo, apesar de tudo, não vens para os EUA e vais casar com um agricultor”, escreveu.

Nikki Brickett/AP

Nessa mensagem, Kennedy anuncia que tinha planos para visitar Von Post no verão e deixa-lhe uma proposta: “Se não casares vem para [os Estados Unidos] que eu gostava de te ver. Passei um verão maravilhoso contigo. É uma memória brilhante na minha vida – és maravilhosa e eu tenho saudades tuas”, concluiu.

O casal só se voltou a ver em 1958, quando ambos participaram na gala Waldorf Astoria, acompanhados pelos respetivos cônjuges. Em 1997, Von Post escreveu um livro das suas memórias, intitulado “Love, Jack” – a forma como JFK costumava assinar as cartas –, que focava a sua relação com o antigo Presidente.

A casa de leilões de Boston espera que o valor da coleção ultrapasse os 30 mil dólares (perto de 25 mil euros). As oito páginas correspondem a uma carta completa e duas mensagens parciais.

Para além das cartas íntimas de Kennedy, estão também em leilão online, até dia 12 de maio, vários objetos pertencentes a antigos Presidentes norte-americanos – tal como fotografias autografadas e cartas pessoas escritas por Abraham Lincoln.

  • 14:54