Mundo

Mais de 220 jacarés retirados de parques da Disney após morte de criança em 2016

Adrees Latif

A criança foi morta pelo reptil durante umas férias com os pais.

Desde a morte de um menino de dois anos, em 2016, no parque da Walt Disney World, na Flórida, Estados Unidos, que as autoridades procederem à remoção de mais de 220 jacarés de propriedades da Disney.

A criança foi morta pelo reptil durante umas férias com os seus pais. Quando o ataque ocorreu, brincava no areal de um lago artificial do resort onde estavam hospedados, dentro do parque. O corpo foi recuperado no dia seguinte por mergulhadores.

Desde então, foram removidos 226 jacarés das propriedades da Disney. A maioria ocorreu em 2020, entre março e julho, período em que os parques estiverem fechados devido à pandemia.

"Para manter o nosso forte compromisso com a segurança, continuamos a reforçar os procedimentos relacionados ao relato de avistamentos e interações com a vida selvagem, e trabalhamos em estreita colaboração com a Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida para remover ou realojar certos animais selvagens", afirmou um porta-voz do Walt Disney World.

Após a morte do menino de dois anos, foi erguida no parque uma escultura de um farol em sua memória. Foram ainda instalados sinais de alerta, cercas e outras barreiras ao redor de lagos e outros corpos de água.

  • 1:21