Mundo

Presidência eslovena do Conselho critica decisão da Alemanha de proibir viagens a partir de Portugal

Correspondente SIC

Primeiro-ministro da Eslovénia, que tem atualmente a presidência do Conselho, diz que o acordo sobre o certificado digital deve ser respeitado e Berlim não é exceção.

A presidência eslovena do Conselho critica a decisão da Alemanha de proibir as viagens a partir de Portugal.

O primeiro-ministro da Eslovénia, Janes Jansa, avisa que é a credibilidade do certificado digital covid que está em causa.

A segunda presidência eslovena começou com tensão. Jansa não fez só criticas, também ouviu recados sobre as ameaças à liberdade de imprensa no país. E o vice-presidente da Comissão, Frans Timmermas, recusou ficar na foto de família com o primeiro-ministro esloveno.