Mundo

Uma arma verdadeira que parece um brinquedo de LEGO causa indignação nos EUA

Culper Precision

LEGO exigiu ao fabricante norte-americano a retirada da arma do mercado

Uma empresa de armas norte-americana de armas está debaixo de fogo por produzir uma pistola que parece um brinquedo feito de LEGO.

A Culper Precision diz que a sua arma Glock, chamada Block19, foi desenvolvida para "destacar o puro prazer dos desportos de tiro".

Mas o fabricante de brinquedos dinamarquês exige que a arma deixe de ser produzida uma vez que está revestida com o que parecem ser peças de LEGO.

Ativistas denunciam arma, fabricante decide retirar do mercado

Os ativistas a favor do controlo de porte de armas descrevem esta pistola como "irresponsável e perigosa".

Shannon Watts, do grupo Everytown for Gun Safety, que alertou a LEGO sobre a Block19, disse à BBC que há sempre o risco de as crianças serem atraídas para armas de fogo "mesmo quando as armas não parecem brinquedos".

A Culper Precision disse em um comunicado que fabricou a Block19 para mostrar que as armas são "para todos" e que "possuir e atirar com responsabilidade é uma atividade realmente agradável".

Acrescentou que a arma de fogo só poderia ser comprada por quem tenha autorização de porte de arma.

O presidente da Culper Precision, Brandon Scott, disse ao jornal Washington Post que, após discussões com advogados, decidiu atender ao pedido da LEGO, e retirar a arma do mercado.

É ilegal fabricar um brinquedo que se pareça com uma arma, mas uma arma pode parecer um brinquedo

Nos Estados Unidos é ilegal fabricar um brinquedo que se pareça com uma arma de verdade, mas as leis não impedem explicitamente os fabricantes de fazer uma arma que se pareça com um brinquedo.

Acidentes envolvendo crianças e armas de fogo têm aumenado nos Estados Unidos. Mais de 140 pessoas foram mortas em tais incidentes relacionados com armas no ano passado.