Mundo

Época das monções está a ser mais devastadora

Na Índia, já morreram mais de 100 pessoas e centenas continuam desaparecidas.

A época da monções está este ano a ser mais devastadora em algumas regiões da Ásia. Mais de 100 pessoas morreram e dezenas estão desaparecidas no Estado de Maharashtra, na Índia.

As chuvas torrenciais do últimos dias provocaram deslizamentos de terra e inundações. As equipas de resgate prosseguem a busca desesperada por sobreviventes na lama e destroços arrastados pelas águas.

Raigad é uma das localidades mais atingidas e onde se registam mais vítimas mortais, depois de várias casas terem sido soterradas por uma torrente de lama e pedras.

Por toda a região, cerca de 90 mil pessoas foram retiradas de casa e centenas continuam a ser resgatadas de locais de risco. As operações de salvamento estão a ser dificultadas pela interrupção das vias e há zonas isoladas.

A chuva ininterrupta ao longo de 24 horas fez o rio Vashishti transbordar e o nível das águas subiu até aos seis metros.

Em Goa, a intensa precipitação causou as piores cheias dos últimos 50 anos e várias regiões continuam a braços com a crise sanitária gerada pela última vaga de Covid 19.