Mundo

Drástica redução de anticorpos seis meses depois da vacina, revela investigação israelita

Correspondente SIC

Quatro milhões de pessoas em Israel já receberam a dose de reforço.

Uma investigação israelita confirma que os anticorpos reduzem de forma drástica depois de seis meses e que é preciso uma dose de reforço que provavelmente não será a última. Segundo o nosso correspondente Henrique Cymerman Israel declara o fim da quarta onda de covid 19 que foi vencida sem confinamentos.

O Hospital Sheba de Telavive fez uma investigação com 5 mil pessoas. Foi publicada no New England Journal of Medicine.

Em Israel, 4 milhões de pessoas já receberam a terceira dose da vacina contra a covid-19. A dose de reforço ajuda a atingir o nível de proteção necessária, contendo amostras das variantes mais recentes e atualizando a resposta imunitária.

Segundo a investigação, apesar de certos efeitos colaterais, os anticorpos voltam ao nível necessário para proteger as pessoas da pandemia. O hospital Sheba está a investigar quanto tempo a terceira dose será efetiva.

O Governo de Israel considera que a quarta onda está a chegar ao fim com uma redução significativa e constante no número diário de infetados que não supera os 2.500 e uma redução drástica no número de doentes em estado grave, que não supera os 400. A maioria deles não estavam vacinados com reforço.

Veja mais: